Concha y Toro

Concha y Toro 06/08/2018

A arte da vinificação, parte 1

Compartil

Em busca do lugar perfeito

Villa Alegre Vineyard - Maule Valley

Todo vino nasce de um lugar determinado, com solo e clima apropriado para cada tipo de videira. Por exemplo, os solos pedregosos e pobres dão lugar a excelentes Cabernet Sauvignon, enquanto climas frios são mais adequados para o Pinot Noir e variedades brancas.

Comprovar que a escolha foi a adequada somente será possível muitos anos mais tarde, quando a planta tenha produzido pelo menos dez colheitas e o enólogo tenha conseguido captar seu potencial.

O cuidado da videira

Uva

Uma vez plantada, a videira requer muitos cuidados para que dê os melhores frutos. Por um lado, o viticultor deve controlar quanta uva será produzida para assim evitar que haja uma super produção de cachos e, portanto, uma concentração pobre de aromas de sabores. Para alcançar isto, removem-se os cachos julgados excessivos.

Desta maneira, garante-se que os nutrientes que a videira consome serão suficientes para alimentar suas uvas, e evita-se que as folhas cresçam excessivamente consumindo o alimento que deve ir para os frutos.

Outros trabalhos importantes são a condução do crescimento da videira – com a finalidade de garantir uma exposição adequada dos galhos –, assim como o controle de doenças e pragas através de produtos amigáveis ao meio-ambiente.

Colheita, ou vindima

Vendimia

No hemisfério sul e aproximadamente quando chega o mês de março, os grãos de uva já alcançaram uma boa concentração de açúcar e uma maturidade adequada dos taninos (compostos que dão estrutura ao vinho).

Para determinar o momento justo de cortar, o enólogo e a equipe agrícola da vinícola medem os graus brix e o nível de concentração de açúcar na fruta. Adicionalmente, degustam os grãos para perceber que sabores serão os que as uvas passarão aos vinhos. Deste modo, os enólogos cortam a uva em fases diferentes de maturação, a fim de dar uma maior complexidade ao novo vinho.

Em relação à forma de realizar a colheita, nos vinhos de alta qualidade a uva é colhida de forma manual, enquanto nos vinhos varietais se utiliza maquinário especializado. Uma vez colhidos, os grãos são depositados em gamelas ou caixas, e são cuidadosamente transportados para a adega de vinificação.