“Comedor de los Milagros”: Um lugar na Cidade do México para explorar a gastronomia latino-americana

Por: Paola Peñafiel

Periodista de Concha y Toro en México

access_time 2019 · 01 · 09

Se quiser provar umas arepas venezuelanas, um ceviche peruano ou uma picanha argentina você tem a chance de fazer isso em um só lugar. Localizado na colônia romana da capital asteca, este complexo gourmet reúne 7 países da América Latina e alguns de seus pratos mais representativos.

Se há algo que nós latinos gostamos, é comer bem. O México e sua gastronomia são sem dúvidas uma das mais reconhecidas e famosas a nível mundial. Ser estrangeiro e viver neste país é verdadeiramente um prazer culinário. Sua culinária é tão variada que sempre há alguma receita nova e deliciosa para provar. Mas, existem momentos que gostaríamos de recordar sabores mais sul-americanos, como uma carne na grelha, um ceviche, um cachorro-quente brasileiro ou umas pizzas ao estilo uruguaio. Faz alguns dias que encontrei por casualidade um lugar que permite provar todas essas receitas e muito mais.

Ver +
Ver +
Ver +
Ver +
Ver +
Ver +
Ver +
Ver +
Ver +

Localizado na vibrante e boêmia Colônia Roma, bem em frente ao Mercado Medellín na rua de mesmo nome, encontramos o “Comedor de los Milagros” (Cantina dos Milagres). A primeira coisa que chama a atenção é sua singular decoração que mescla detalhes tradicionais e modernos. Claramente tudo aqui foi pensado para criar um ambiente rústico, acolhedor e bem colorido que te transporta a outras latitudes. Um espaço aberto, bem iluminado, com bandeiras de diferentes países penduradas no teto. Ao centro, se encontram mesas e assentos de madeira rodeados por 7 postos ou cozinhas que representam 7 países latinos. Além do México, têm os sul-americanos Venezuela, Colômbia, Brasil, Peru, Argentina e Uruguai. Cada um atendido por garçons e cozinheiros originais de cada país. Aqui você pode pedir os pratos que quiser dos diferentes países sem sair da mesa.

Ásame Mucho vende cortes argentinos na grelha; Meu Todos e Valderrama servem as delícias mais representativas do Brasil e da Colômbia, respectivamente; em Agarrate Catalina você encontra pizzas por metro, buñuelos de acelga e o famoso sanduíche Chivito uruguaio. Em Lima Mía você vai encontrar os autênticos ceviches peruanos, e em La Carajita o mais saboroso da Venezuela. Al Chile é o local da comida mexicana onde você encontra o mesmo que em uma taqueria, porém com um toque gourmet.

Apesar de que queríamos provar tudo, nós nos decidimos por 4 pratos bem característicos de seus países. Não foi uma tarefa simples, porém aproveitamos, ainda mais com a possibilidade de acompanhar os pratos com um vinho Concha y Toro.

Começamos com um ceviche peruano preparado com todos seus ingredientes originários do país do posto Lima Mía. Para o ceviche que leva peixe fresco, milho, cebola e limão, uma excelente combinação se consegue com o Gran Reserva Serie Riberas Suvignon Blanc. Um vinho branco mineral, fresco e intenso com notas cítricas de laranja lima e toranja, o famoso pomelo.

Na Venezuela ficamos com suas tradicionais arepas, receita que compartilha com a Colômbia e que consiste em um tipo de pão com diferentes recheios. Se encontra no posto La Carajita e vem recheada com uma abundante carne guisada e queijo. Para as arepas recomendamos Casillero del Diablo Devil’s Collection Red, uma combinação de uvas tintas que cai muito bem com carnes vermelhas.

AREPA VENEZOLANA
Arepa

Do Brasil provamos seu típico cachorro-quente. Trata-se de uma versão carioca do típico hot dog e que, além da salsicha, leva tomate, molho de tomate, milho, queijo, maionese e batata-palha. No Brasil pode haver diferentes versões segundo a região do país. Para acompanhar tais cachorros-quentes, uma boa opção é o Trio Merlot, um vinho volumoso e delicado, com taninos suaves e uma acidez equilibrada.

CACHORRO QUENTE BRASIL
Cachorro quente

Finalmente provamos alguns dos sanduíches com mais ingredientes que já comi: o chivito uruguaio. Trata-se de um churrasco na chapa com presunto, mussarela   , bacon, ovo frito, cebola, tomate, alface, azeitonas e maionese acompanhado de batatas à francesa. Uma boa opção de acompanhamento pode ser o Marques de Casa Concha Cabernet Sauvignon, já que é um vinho complexo que cai muito bem com carne vermelha e a variedade de seus ingredientes.

CHIVITO URUGUAYO
Chivito uruguaio

Descobrir esta cantina gourmet foi um prazeroso milagre. Um lugar que pode ser aproveitado pelos latinos residentes na Cidade do México, como também os chilangos –como são chamados os habitantes da região metropolitana-, já que podem explorar a gastronomia de países sul-americanos em um ambiente realmente único repleto de vida, cor e orgulho latino.

Compartilhar

É maior de idade?

Sentimos muito,

Você não pode acessar o conteúdo do site se você não for maior de idade.