Concha y Toro

Ania Smolec 11/12/2015

Como escolher vinhos para sua adega?

Compartil

“Estamos como o vinho”, diz o ditado. Isto significa que com o passar dos anos, nos tornamos mais maduros e sofisticados. Mas, será que realmente os vinhos melhoram com o tempo? Que vinhos podem ser guardados? Apresentamos a vocês um guía para organizar sua adega pessoal.

Os antigos gregos e romanos guardavam ânforas de vinho por longas temporadas. Inclusive na Bíblia é possível ler que o vinho antigo era muito valorizado. Hoje existe uma opinião quase generalizada de que os vinhos ganham com a guarda, pois desenvolveriam notas e texturas muito mais sedutoras. Mas isto não é necesariamente verdade. Somente alguns vinhos de características particulares, safras excepcionais de uma qualidade superior, suportam a passagem do tempo e se tornam mais atraentes e complexos.
A verdade é que uma pequena porcentagem dos vinhos têm potencial para uma guarda de décadas. A maioria dos vinhos estão feitos para serem saboreados imediatamente, ou podem ser guardados apenas por um par de anos. Somente os “escolhidos” podem ser reservados por 10, 20 ou mais anos.

Que vinhos podem ser guardados?

Wine Shop 2Muitos especialistas dizem que é melhor beber um vinho jovem demais do que um muito velho. O potencial de guarda depende da variedade, safra, vinhedo, práticas vitícolas e estilo de vinificação.

Para que um vinho tenha potencial de guarda, a uva colhida deve ser muito concentrada. Um bom exemplo é o Cabernet Sauvignon, cuja pele é mais espessa, possui muito mais alçúcar, acidez e polifenóis, ainda mais se o vinhedo estiver plantado em um lugar de clima temperado e seco.

Logo depois, o processo de vinificação, as decisões do enólogo em relação ao seu tempo de maceração (contato do suco com suas peles) ou guarda em barril de carvalho (de preferência de qualidade superior) também são decisivos para projetar o potencial de um vinho.

Estas decisões se traduzem em boa acidez (os vinhos de alta acidez podem ser guardados por mais tempo) e alto nível de taninos e equilíbrio (não é suficiente que o vinho tenha taninos, pois deve existir um equilíbrio entre as contribuições da uva e da madeira).

O especialistas também chamam a atenção para o ph do vinho (quanto mais baixo, mais vida para o vinho), açúcar (os vinhos doces, como um bom Late Harvest, evoluem melhor do que os secos) e, claro, o nível de álcool. Existem exceções, mas em geral os vinhos com álcool mais moderado se desenvolvem melhor.

Alguma boa razão para começar uma adega?

Don Melchor Culinary ChallengePor que guardamos vinhos? As razões são diversas e podem ser muito pessoais. Existem pessoas que vêm como um investimento. Algumas safras reunem as condições perfeitas e por isso os vinhos desta colheita são muito desejados. Uma garrafa de uma vinícola com tradição, de um vinhedo muito particular como o de Puente Alto, e de uma safra expecional, é o melhor dos exemplos: Don Melchor 2010 que pode ser bebido desde seu lançamento ao mercado, mas ganhar muito com a guarda e também aumenta seu valor.

Algumas pessoas guardam os vinhos somente por paixão e curiosidade. Estão interessadas em ver sua evolução e naturalmente aprender mais sobre vinhos. Se vocês pertencem à este grupo, podem construir sua coleção de vinhos a partir de várias perspectivas. Podem se concentrar em uma safra particular e adquirir uma caixa de Terrunyo Cabernet Sauvignon 2011. E depois abrir um por um durante os anos seguintes. Uma boa idéia é abrir o vinho na mesma data e sob as mesmas condições, para que a degustação seja parecida. Escolham, por exemplo, o dia do seu aniversário, ou Natal, ou outra data importante em seu calendário.

Vocês também podem se concentrar em alguma região específica e guardar na adega vinhos diferentes, mas da mesma estirpe. Se foram de férias à Limarí, podem conservar uma caixa de Marques de Casa Concha Chardonnay e Marques de Casa Concha Pinot Noir. Com cada garrafa aberta durante os anos, não somente vocês aprenderão mais sobre os vinhos, mas irão sentir esta brisa litorânea e a sensação de estar novamente de férias.

Como é um vinho antigo?

Don Melchor cava
Após alguns anos na adega, em condições de temperatura baixa (13-18 ºC), sem excesso de luminosidade e com uma umidade próxima a 60%, o vinho evoluirá de grande forma. Todas as reações químicas acontecem muito lentamente. Dizem que cada vinho guardado tem seu pico de complexidade, um momento único, quando brilha e se está perfeito. Mas este instante é imprescindível; inclusive um mesmo vinho pode variar, dependendo da garrafa.

É melhor um vinho com uma longa guarda? Não! É diferente, e esta é a graça um vinho antigo, por sua vez, oferece taninos muito suaves, uma cor mais apagada (mais marrom, no caso dos tintos) e as notas de frutas frescas evoluem para frutas secas, ervas, couro e tabaco e grãos de café.

Recomendo a todos os amantes de vinho que guardem algumas garrafas, degustem safras antigas e observem sua evolução. Volte no tempo e lembre-se como éramos e como nos projetávamos. Tenho certeza que de os resultados irão te surpreender.