Concha y Toro presente na inauguração da 4ª Conferência Mundial de Enoturismo em Santa Cruz

Por: Maria Suarez Lago

Periodista de Concha y Toro

access_time 2019 · 12 · 11

Na última quinta-feira 5 de dezembro aconteceu a cerimônia de abertura no Hotel de Santa Cruz de Colchagua. Autoridades e importantes personalidades do mundo vitivinícola e turístico de mais de 20 países compareceram ao evento patrocinado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e pelo Governo do Chile. Confira todos os detalhes nesta nota!

O Vale de Colchagua, reconhecida região vitivinícola chilena, reuniu mais de 400 pessoas na conferência que buscou explorar e potencializar as distintas oportunidades associadas ao enoturismo. A OMT confiou ao Chile a organização da quarta edição deste evento cujo slogan foi “Cocriando Experiências Inovadoras“. Neste encontro foram analisadas tendências, casos de sucesso e boas práticas enoturísticas. 

Durante o segmento “Experiências Enoturísticas: da imaginação à comercialização”, Isabel Guilisasti -Gerente de Marketing de Vinhos de Origem da Concha y Toro- foi convidada a apresentar o caso de sucesso da marca Casillero del Diablo e a participar de uma mesa redonda junto a Gustavo Santos -Secretário de Turismo da República Argentina-, Beatriz Vergara – Diretora de Enoturismo de González Byass-  Luis Güemes Barrios – Gerente/Diretor Técnico, Bodega 202 (Espanha) e Sheree M. Mitchell -Presidente e Fundadora da Immersa Global (Portugal)-.

Post_1

A história da Concha y Toro, a origem da lenda do Casillero del Diablo, sua transcendência no tempo-espaço e a experiência Casillero del Diablo no Centro Turístico de Pirque foram alguns dos tópicos que fizeram parte da apresentação que expôs Isabel Guilisasti na conferência. Além disso, Guilisasti falou sobre as últimas inovações da vinícola em termos de infraestrutura e tecnologia (novo sistema de tickets e venda on-line, totem de autogestão de tickets, Customer Data Platform) e quanto aos tours. Por último, Isabel se referiu à responsabilidade das vinícolas em relação a sua comunidade e citou como exemplo o caso do Wine Bar do Centro Turístico de Pirque no qual os fornecedores são locais – as frutas e hortaliças são provenientes de Pirque e do Maipo-.

Post-2 (4)

Sob a premissa de promover uma visão do turismo vitivinícola como agente de desenvolvimento sustentável e de melhorar a oferta de propostas das vinícolas ao redor do mundo, nas distintas exposições foram abordados temas vinculados a experiências únicas para os visitantes, desenvolvimento das comunidades locais, práticas ecossustentáveis e recomendações.

Para mais informações, acesse o seguinte link https://www2.unwto.org/es/la-mayor-conferencia-mundo-enoturismo-celebra-transformacion-rural-creacion-empleo

Header Ph: OMT

Compartilhar

É maior de idade?

Sentimos muito,

Você não pode acessar o conteúdo do site se você não for maior de idade.