Formidáveis pontuações para Concha y Toro no último relatório de James Suckling

No relatório “Chile’s value offering is established – but is there more room for greatness?” (“A oferta de valor do Chile já está estabelecida – porém ainda existe lugar para a grandeza?”), o renomado crítico estadunidense outorgou grandes reconhecimentos aos vinhos de origem específica da Concha y Toro

Carmin de Peumo 2017, o Carmenere ícone da vinícola, obteve extraordinários 95 pontos, da mesma forma que Amelia Pinot Noir 2018. Por sua vez, Amelia Chardonnay 2018 recebeu notáveis 94 pontos. 

Já a linha Gravas foi distinguida com 94 pontos para seu Syrah 2018 e 93 pontos para seu Sauvignon Blanc 2019. Quanto à Terrunyo, seus vinhos receberam excepcionais pontuações: Terrunyo Cabernet Sauvignon 2017 93 pontos, Terrunyo Carmenere 2018 94 pontos, Terrunyo Sauvignon Blanc 2019 91 pontos e Terrunyo Malbec 2016 92 pontos.

A inigualável qualidade dos diversos terroirs da linha Marques de Casa Concha, junto a uma extraordinária safra em 2018, levou ao recebimento de importantes pontuações: Marques de Casa Concha Etiqueta Negra 2018 94 pontos, Marques de Casa Concha Pinot Noir 2018 94 pontos,  Marques de Casa Concha  Malbec 2018 93 pontos e Marques de Casa Concha Syrah 2018 93 pontos. As edições limitadas de Marques, Marques de Casa Concha Pinot Noir Ed. Limitada Bío-Bío 2018 e Marques de Casa Concha Chardonnay Ed. Limitada Bío-Bío 2018, também se destacaram com 94 pontos. 

Por último, Gran Reserva Serie Riberas colheu surpreendentes resultados com 93 pontos para seu Carmenere 2019, 92 para seu Cabernet Sauvignon 2019 e 92 para seu Syrah 2018

Os consistentes resultados obtidos pelos vinhos das Concha y Toro são um grande motivo de orgulho para todos nós, uma vez que reafirmam e o compromisso com a qualidade e excelência.

Compartilhar

É maior de idade?

Sentimos muito,

Você não pode acessar o conteúdo do site se você não for maior de idade.