Concha y Toro

Concha y Toro 04/08/2015

Guia para combinar carnes e vinhos

A regra básica é acompanhar a carne com vinho tinto, mas não é tão simples assim. O tipo da carne e sua preparação influenciam no vinho a ser escolhido.

Compartil

A regra básica é acompanhar a carne com vinho tinto, mas não é tão simples assim. O tipo da carne, sua preparação e o molho influenciam no vinho a ser escolhido. Encontre aqui conselhos para potencializar esta combinação.

A regra básica é acompanhar a carne com vinho tinto, mas a coisa não é tão simples. De que tipo de carne se trata? Carne bovina, vitela, porco, cordeiro, cabrito, de caça, etc. Como foi preparada? No forno, à brasa, frita, grelhada, fervida, crua, etc. Com que tipo de molho? Com creme, com tomates, com vinho, agridoce, etc.

Obviamente, um vinho tinto sempre irá bem com qualquer uma delas, mas haverá ocasiões que pedirão vinhos especiais, de grande concentração. Nestes casos nunca falham os Cabernet Sauvignon, Syrah e Merlot.

Vinho com carpaccio?

carpaccioO carpaccio original é um pedaço de carne crua, fria, cortada em lâminas finas, com lascas de queijo parmesão e temperadas com gotas de limão. Vai muito bem com um vinho tinto de corpo médio, como o Marques de casa Concha Merlot.

Vinho com steak tartar (tártaro de filé)?

tartaroPreparação clássica à base de carne bovina crua e temperada com molho inglês, alcaparras, ovo cru e limão. Prato aromático que vai bem com vinhos aromáticos rosados, como o Casillero del Diablo Rosé.

 Vinho com bife?

SteakUm simples pedaço de carne feita de maneira simples na grelha ou frigideira, vai muito bem com vinhos tintos secos, jovens, de corpo médio, como o Casillero del Diablo Merlot. Se estão temperados com pimenta, o vinho deve ter mais corpo, como o Marques de Casa Concha Carmenere.

Vinho com carne na brasa?

AsadoO princípio de assar carnes na brasa é conservar suas características próprias, sem um maior tratamento aromático e de tempero além do sal, alcançando um ponto de cozimento que respeite sua textura e seus sucos. Quanto mais macia, melhor.

A carne bovina na brasa vai bem com Cabernet Sauvignon, Carmenere, Syrah e Malbec. A carne de vitela combina bem com Merlot.

A aves na brasa vão bem com tintos leves, como o Marques de Casa Concha Pinot Noir.

Vinho com carne assada no forno?

asado al hornoAs carnes assadas no forno concentram os sabores originais dos temperos utilizados em sua preparação, especialmente quando são submetidas à um cozimento lento.

Requerem vinhos com corpo, concentrados e complexos, como o Cabernet Sauvignon, Syrah, Malbec e Merlot.

 Vinho com ossobuco?

OssobucoUm prato concentrado como este requer vinhos tintos que sejam carnosos, plenos. Vinhos tintos como o Terrunyo Cabernet Sauvignon.

 Vinho com rosbife?

roast beefA ternura da carne e cozimento no forno, fogo alto no começo e depois um pouco mais lento para que conserve o vermelho e os sucos interiores são os segredos de um bom rosbife.

Pede vinhos tintos nobres que honrem a carne: Cabernet Sauvignon, Carmenere, Merlot e Malbec.

Vinho com carne de porco?

cerdoA carne de porco tem a vantagem de ir bem com quase qualquer vinho tinto, inclusive com alguns brancos e rosés.Você deve levar em conta o método de preparação e o molho predominante.

Vinhos tintos que não sejam muito tânicos, como o Casillero del Diablo Carmenere. Também vinhos brancos de corpo, com madeira, como o Casillero del Diablo ViognierQuando são empregadas frutas que dão um toque doce, deve-se buscar vinhos de taninos doces: Syrah, Malbec ou Carmenere.

Vinho com carne de vitela?

terneraA ternura da carne de vitela requer vinhos tintos suaves e jovens, como o Marques de Casa Concha Pinot Noir, ou vinhos brancos de estrutura média como o Gran Reserva Serie Riberas Chardonnay, tendo presente sempre o tipo de cozimento e o molho.

Vinho com salsicha?

salchichaExistem muitos tipos de salsichas com diferentes tipos de carne, preparação e condimentos. Geralmente vão bem com vinhos tintos jovens e leves, como o Frontera Specilties País.

Vinho com carne de cordeiro?

corderoA carne de cordeiro possui um sabor intenso e delicioso, que vai se acentuando com a idade do animal, segundo o sistema de alimentação e a acumulação de gorduras, mas sempre mantém suas características.

O cordeiro vai bem com vinhos tintos de todo tipo. Se o cordeiro é jovem, recomendamos um Casillero del Diablo Shiraz. Suas notas doces poderão equilibrar a carne suave. Quando a carne é de um animal adulto, o vinho debe ser um tinto estruturado, com mais corpo e tânico: Terrunyo Cabernet Sauvignon ou Terrunyo Carmenere.

Vinho com carne de bode?

cabritoA carne caprina tem menos gordura que o cordeiro, e possui um sabor característico, delicioso, intenso, que varia de acordo com a idade do animal. Requer vinhos tintos maduros, com corpo, não necessariamente tânicos: Merlot, Syrah ou Malbec.

Vinho com carne de aves?

Pollo FacebookAs carnes de aves são versáteis, variadas e possuem diferentes níveis de sabor e textura, podendo ser frango, peru, pato ou aves de caça.

A carne de frango vai bem com vinhos brancos e vinhos tintos jovens, sem taninos, apesar de que alguns molhos condimentados requerem vinhos aromáticos ou frutados. A carne de peru, especialmente assada, vai bem com vinhos tintos jovens de corpo médio. No caso de ocasiões especiais, como o dia de Ação de Graças ou o Natal, o peru costuma ser acompanhado de guarnições de sabor intenso, muitas vezes doces, o que requer vinhos tintos mais intensos, como um Casillero del Diablo Shiraz ou o Casillero del Diablo Merlot.

A carne de pato, mais gordurosa, requer tinhos tintos de boa estrutura como o Syrah ou Cabernet Sauvignon. A carne de aves de caça geralmente vai bem com vinhos tintos de estrutura média, ou mesmo de grande estrutura, como a perdiz ou faisão. A carne de avestruz é vermelha e magra, e vai muito bem com vinhos tintos jovens, como o Marques de casa Concha Merlot.