Os surpreendentes lugares onde cresce o vinho

access_time 2020 · 04 · 20

Você não acreditaria em alguns dos lugares onde os vinhedos podem crescer e florescer. Às vezes, as condições extremas e inesperadas podem produzir safras extraordinárias. 

As uvas que crescem neste tipo de condições de cultivo podem acabar sendo uma deliciosa taça com uma interessante história para contar. Exploremos alguns dos lugares mais loucos que os viticultores escolheram para desenvolver seus vinhos e como estas condições contribuem para a qualidade do vinho em si.

  • Vinho vulcânico

Quando você imagina um dia romântico caminhando pelos vinhedos, passear pelos solos carbonizados na base de um vulcão pode não ser a cena que vem a sua mente. Porém, os solos vulcânicos são muito férteis e de suas cinzas se origina o vinho vulcânico, caracterizado por sua incrível qualidade. Os vinhedos vulcânicos produziram alguns destacados exemplares de tintos e brancos nos últimos anos. Os viticultores desde a Califórnia até as Ilhas Canárias estão escolhendo experimentar com os raros benefícios de plantar em um solo vulcânico. 

vinos-volcanicos
Ph: Tripspoint

Estes solos excepcionais são ricos em minerais que chegam direto ao paladar do consumidor de vinho. Os brancos que crescem nos solos vulcânico adquirem notas cítricas e picantes, enquanto os tintos vulcânicos possuem um sabor terroso e mineral. Estas surpreendentes combinações fazem com que os apreciadores do vinho vulcânico voltem por mais. Portanto, não é de se estranhar que sua popularidade tenha aumentado nos últimos anos.

  • O vinho junto ao Oceano Pacífico

O vinho Amelia é o resultado de uma seleção distintiva que cresce nos vinhedos próximos à costa do Pacífico, no Chile. O vinhedo de Quebrada Seca está localizado no Vale do Limarí, a apenas 22 km do oceano. As frescas brisas marinhas e as manhãs nubladas dão aos vinhos de Amelia um longo período de maturação e um final fresco e aromático.

vinos-oceano

As condições costeiras nas quais crescem as uvas de Amelia dão a este vinho uma marcante mineralidade. As tardes frescas e as brisas da corrente de Humboldt fazem com que as uvas amadureçam a um ritmo mais lento e tenham tempo para adquirir seu sabor característico. Somente determinadas uvas crescem bem nestas condições frescas e é por isso que a audaciosa localização de Amelia apenas produz umas poucas variedades selecionadas de vinho, como o Amelia Chardonnay e o Amelia Pinot Noir, uma vez que estas cepas se desenvolvem extraordinariamente bem nas particulares condições da costa do Pacífico.

  • Vinhedos do deserto

Só de imaginar as duras condições do deserto é suficiente para deixar qualquer um se sentindo sedento. Por que não saciar a sede com um vinho cultivado nestas condições impossíveis e implacáveis? Acredite ou não, os vinhedos do deserto cultivam suculentas uvas que produzem encantadoras variedades experimentais de vinho. As uvas tendem a armazenar mais açúcar, o que cria um vinho de conteúdo alcoólico mais alto. Brincando com as condições do sol, o calor e o solo seco, não era esperado o sucesso que os vinicultores têm tido com suas variedades de vinho do deserto.

vino-desierto

Estes vinhedos do deserto não só experimentam com estas condições de risco por simplesmente inovar. São pioneiros em um território inexplorado em nome da mudança climática. Os vinicultores de Arizona a Israel estão experimentando com as condições dos vinhedos do deserto, para ver como um futuro mais quente e seco afetará o mundo da vinicultura. Os vinhos cultivados nestes climas áridos criam sabores experimentais que explodem apesar de suas sufocantes origens.

  • Vinhos de altitude

Você sabia que existem vinhos que crescem no alto das montanhas? Estes vinhos são uma das muitas variedades que se beneficiam das frescas temperaturas e da concentrada exposição ao sol que se consegue em estas alturas extremas. Estas condições fazem que a pele das uvas seja mais grossa para poder enfrentar os raios solares intensos. Logo, ao entardecer, as uvas são submetidas a tardes frescas e escuras. Certas variedades de vinho prosperam nestas condições, com resultados normalmente tão especiais como em seu lugar de origem.

vinos-de-altura
Ph: El Viajero. El País

Os vinhos de altitude adquirem um sabor fresco e leve. Frequentemente, os tintos de altitude possuem um sabor mais intenso devido aos altos níveis de antioxidantes. O cultivo deste tipo de vinho apresenta muitos benefícios, mas pode estar sujeito a temperaturas extremadamente frias e a geadas, que são um perigo para o vinho. Muitos viticultores dizem que os benefícios superam os riscos e felizmente continuarão levando a indústria vitivinícola a novas alturas.

  • Vinhos urbanos

Outro fantástico entorno de vinhedos está dentro da expansão urbana das cidades. Nova Iorque, Los Angeles, Paris e Londres estão entre as cidades que possuem seus próprios vinhedos urbanos. Este tipo de vinho pode estar na moda e ser único, porém, estas condições tornam o processo de elaboração do vinho difícil de uma maneira diferente do normal. As condições urbanas são arriscadas devido à limitada superfície, à poluição da cidade e às más condições do solo. Por isso, os deliciosos vinhos elaborados em adegas urbanas são um tesouro em si mesmos.

vinos-urbanos
Ph: Cerodosbe

Entre as adegas urbanas encontramos vinhedos com histórias incríveis. Artistas locais salvaram um lote de terra destinado ao desenvolvimento urbano em Paris. Um vinhedo foi abandonado e salvo por uma nova geração de amantes do vinho em Veneza. Um grupo se uniu para garantir que os lucros de seus vinhos fossem para suas comunidades locais na Grécia. Sem importar seu tamanho ou localização, as adegas urbanas possuem histórias que são essenciais para o mundo do vinho. Estes vinhedos urbanos demonstram que o vinho pode unir as pessoas de maneira poderosa.

 

Header ph: Southamerica Wine Guide

Compartilhar

É maior de idade?

Sentimos muito,

Você não pode acessar o conteúdo do site se você não for maior de idade.