Mercado Medellín: um pedaço da América Latina no coração da Cidade do México

Por: Paola Peñafiel

Periodista de Concha y Toro en México

access_time 2018 · 11 · 28

Inúmeras nacionalidades convivem na capital asteca. Gostaríamos de saber aonde vão os colombianos, venezuelanos, brasileiros e outros latino-americanos quando querem conseguir os ingredientes de seus pratos típicos.

A colônia Roma é um dos setores mais diversificados e vibrantes da Cidade do México. Bem próximo do centro e do boêmio bairro Condesa. Esta região presume ser um dos lugares mais importantes para os residentes estrangeiros. O Mercado Medellín, que além de encher a região de cor e vida, detém os segredos e sabores da gastronomia latino-americana. Se você passar pela rua Medellín e não entrar neste mercado, sem dúvidas, você irá se arrepender. Você é recebido por uma fachada com um enorme grafite multicolorido que antecipa de alguma maneira o que o seu interior reserva.

Mercado Medellin 30

Este mercado é um dos mais tradicionais da cidade e tem uma longa história de mais de 100 anos. Sua primeira estrutura era de madeira e data do final do século XIX, do período presidencial de Benito Juárez. O edifício que conhecemos atualmente abriu suas portas em 1964, sendo administrado por judeus. Após o terremoto de 1985, quando seu teto foi derrubado, os proprietários deixaram o lugar que foi ocupado rapidamente por comerciantes latino-americanos.

Com mais de 500 lojas, este espaço oferece produtos nacionais e típicos de qualquer mercado como frutas, flores, piñatas, produtos alimentícios, grãos, refrescos, chocolates, carnes, molhos, doces, artigos de cozinha e roupa. Entretanto, também se especializa em vender produtos e alimentos de diferentes países. Inclusive aqueles ingredientes difíceis de encontrar em outros mercados da cidade. Isso faz do Mercado Medellín um destino imperdível -e bem valioso- para os estrangeiros que querem preparar um prato típico de seu país com ingredientes autênticos.

Esta reportagem foi minha primeira oportunidade de percorrer seus corredores, e sendo latino-americana, é impossível não se emocionar. A primeira coisa que chama a atenção são as bandeiras penduradas no teto e os produtos que você pensou que jamais encontraria, aqui estão. Imagina um chileno longe de casa comprando Milo, ou um peruano Inka Cola. Aqui você encontra diversos produtos e ingredientes da mesa cubana, brasileira, colombiana, venezuelana, peruana, argentina, espanhola e inclusive produtos asiáticos.

Muitos dos encarregados são nativos de cada país e com grande amabilidade te convidam a conhecer e provar suas comidas. Depois de ter comprado farinha de grão-de-bico para o fainá uruguaio, pimentão amarelo do Peru, pães colombianos e uma chirimoya chilena, era imprescindível provar alguns dos pratos típico latino-americanos. E como a variedade é enorme, desta vez ficaremos com alguns pratos colombianos, uma das colônias com maior presença neste mercado.

Em alguns dos postos do mercado, nos convidaram a provar os pães colombianos. Escolhemos o Almojábanas e os buñuelos. Realmente saborosos. Ambos são feitos de farinha (de mandioca para os buñuelos), queijo costeiro, queijo fresco, ovos e leite. Os primeiros são cozinhados ao forno e são achatados e redondos, e os buñuelos são fritos em forma de uma bola pequena. Para estes pães colombianos, recomendamos Trio Chardonnay, um vinho delicado e fresco que possui na boca um grande balanço entre fruta e mineralidade.

Mercado Medellin 9
Almojábanas

O Ajiaco é uma sopa preparada com três tipos de batatas, frango desfiado e pedaços de espiga de milho. É um dos pratos mais típicos e tradicionais da cozinha colombiana e é acompanhado de arroz, creme de leite, coentro e as alcaparras colocadas em recipientes pequenos para incorporar segundo o gosto pessoal. Um bom vinho para este prato é Marques de Casa Concha Merlot, já que possui uma forte estrutura e, ao mesmo tempo, é equilibrado assim como de textura sedosa.

Mercado Medellin 16
Ajiaco

bandeja paisa é um prato típico da gastronomia colombiana especificamente da cozinha Antiquenha. Uma de suas características fundamentais é a abundância, tanto em quantidade como em variedade de alimentos. Contém feijões, um guisado de carne moída ou desfiada, arroz branco, ovo frito, torresmo, chouriço, rodelas fritas de banana madura, abacate e arepa. Para esta receita, Casillero del Diablo Reserva Privada Cabernet Sauvignon é um vinho complexo e elegante que cairá muito bem com a variedade e abundância de seus ingredientes.

Mercado Medellin 19
Bandeja Paisa

O Tamal colombiano é um prato a base de farinha de milho, carne de porco e frango, batatas, ovos, cebola, alho, manteiga e condimentos. Tudo envolto em folhas de bananeira frescas e cozinhado ao banho-maria. São maiores e contundentes que a versão mexicana. Este prato de forte sabor precisará de um vinho maduro, equilibrado, com taninos firmes e redondos como Casillero del Diablo Devil’s Collection Red.

Mercado Medellin 33
Tamal colombiano

Compartilhar

É maior de idade?

Sentimos muito,

Você não pode acessar o conteúdo do site se você não for maior de idade.