Sopas Mexicanas: tradição e variedade de sabores, aromas e cores

Por: Paola Peñafiel

Periodista de Concha y Toro en México

access_time 2019 · 06 · 18

Dentro da gastronomia mexicana, as sopas são um prato de entrada fundamental, que nunca deveriam faltar em uma comida tradicional. Há tantas variedades de caldos como diversidade de ingredientes e a combinação de sabores simplesmente surpreende. Convidamos você a descobrir as sopas mais famosas e sua combinação perfeita com vinhos Concha y Toro.

De norte a sul e de leste a oeste, não há uma esquina do México que não tenha entre seus pratos típicos uma boa e saborosa sopa. As opções são muito variadas e refletem a estreita relação entre a cultura de cada lugar e sua gastronomia.

Para alguém como eu que vem de outro país, a ideia de uma sopa é simples. Porém se nos referimos a as sopas mexicanas, tudo muda e surpreende. Como em toda sua gastronomia, utiliza diversidade de ingredientes para dar esse sabor único e picante que a caracteriza. Não apenas em seu modo de preparo, como também uma sopa pode dar sabor, uma vez servida, a muitos outros ingredientes colocados na mesa como queijo, creme, abacate, omelete, verduras e um número sem fim de condimentos.

Post

Das muitíssimas opções, apresentaremos algumas das sopas mais representativas do México e sua combinação perfeita com vinhos Concha y Toro.

A Sopa asteca ou sopa de omelete é sem dúvida a mais popular em todo México. É a primeira que vem à mente quando falamos de sopas mexicanas e sem dúvida será a preferida de todos os amantes da gastronomia deste país. Os tomates são fritos com os chiles, o alho e a cebola; logo se acrescenta caldo e frango desfiado. Uma vez servida, acrescenta-se omelete frito cortado em tiras finas, além de creme ao chipotle, queijo fresco, torresmo e abacate em cubos. Sim, você entendeu bem, no Brasil nunca colocaríamos abacate em uma sopa, porém apenas prove-o para saber como é bem delicioso. Este prato pode acompanhar um vinho branco, ou se preferir um tinto, uma opção é Trio Merlot, uma montagem desta variedade junto com Carmenere e Syrah, com taninos suaves e acidez equilibrada.

Já mencionamos a importância histórica e cultural do milho na cozinha mexicana, e por isso, queremos destacar o creme de milho. Preparado com grãos de milho de diferentes tipos, alguns deles doces; são cozinhados, moídos e combinados com um molho branco a base de manteiga, leite e farinha. Porém, além disso este creme tem um elemento surpresa: como nem todos os grãos são moídos, ao desfrutar encontrarás grãos de milho frescos e crocantes. Uma vez servida na mesa, se pode condimentar com salsinha picada e alface fresco. Sem dúvida esta é uma das melhores versões de creme de milho que já provei; uma sopa suave e cremosa que acompanha muito bem com um Marques de Casa Concha Chardonnay.

Montaje_1200x800

Existem outras sopas que definitivamente são uma refeição por si só devido à variedade e contundência de seus ingredientes. A mais famosa e reconhecida internacionalmente é o Pozole, consumido por todo o ano, porém principalmente em setembro, durante as Fiestas Patrias. Como já falamos dela vamos apresentar outra que cai nesta mesma categoria: el caldo Tlalpeño, que também significa toda uma experiência, já que tem de tudo. Este caldo é preparado com frango, grão-de-bico, cebola, alho, chile chipotle, abobrinha, cenoura e feijão verde. Uma vez servido, é decorado e condimentado com abacate em cubinhos, limão, cebola e queijo. Esta sopa contundente, de grande sabor e diversidade de cores, pode ser combinada com Casillero del Diablo Reserva Privada Sauvignon Blanc.

Do maravilhoso e tropical estado de Yucatán vem outro dos pratos que queremos destacar: la sopa de lima. Não é apenas popular no seu lugar de origem como também em todo México, já que graças à lima e seus outros ingredientes é uma sopa leve, refrescante e aromática. Cozinha-se o frango junto com o limão, cebola, alho e água. Frita-se cebola roxa, tomates e pimentão vermelho, tudo cortado em cubinhos. Acrescenta-se o frango desfiado, o caldo, coentro, suco de limão, orégano e pimenta. Para esta sopa recomendamos Casillero del Diablo Viognier, já que é uma cepa aromática e de grande frescor.

 

 

Compartilhar

É maior de idade?

Sentimos muito,

Você não pode acessar o conteúdo do site se você não for maior de idade.