Concha y Toro

Francisca Jara 14/08/2020

Compartil

Vinho e harmonização

Tudo na churrasqueira!

Não importa se estamos falando de carnes, vegetais ou frutas, nada como cozinhar na brasa com essa característica nota defumada. Aqui contamos quais os melhores vinhos para harmonizar com o que você imaginar para assar na churrasqueira.

Mas antes de começar com os preparativos, principalmente se for um dia muito quente, recomendamos colocar seus vinhos para esfriar, especialmente os tintos. Inclusive os tintos mais robustos são mais saborosos quando estão a temperatura ambiente (não acima de 18 °C). Por certo, não é preciso nem dizer que a degustação dos vinhos é sempre melhor em taças de vidro do que em copos de plástico (e de quebra ajudamos a cuidar do meio ambiente). Por último, como o fogo leva um tempinho para acender, convidamos você a abrir um espumante como o Devil’s Collection Brut que combina maravilhosamente bem com os primeiros tira-gostos que saem da churrasqueira e que tornará a espera muito mais agradável. Divirta-se!

  •  Salmão grelhado e Rosé
salmon2

Para peixes gordos como o salmão ou a cavala – cujos sabores são exacerbados quando preparados na brasa -, um vinho com acidez refrescante, suculento caráter frutado e corpo não tão leve, como o Casillero del Diablo Rosé, trará equilíbrio para a combinação sem ofuscar sua delicada carne. Enquanto as notas de amora e ameixa fresca do vinho darão outra dimensão de aromas a este saboroso peixe. Caso prefira os peixes de carne branca, um vinho branco com um pouco de madeira e notas de manteiga, como o Casillero del Diablo Chardonnay, será uma mistura simples e sofisticada ao mesmo tempo.

  • Milho assado e Chardonnay
choclo-2

Graças a seu dominante sabor doce e de frutas secas, este deve ser um dos vegetais mais fáceis de harmonizar com o vinho. Ainda mais quando preparado na churrasqueira, com a intensificação de seus sabores com uma nota defumada, o milho com um pouco de manteiga se transforma em um acompanhamento irresistível para o Casillero del Diablo Chardonnay. Seu envelhecimento em barris de carvalho francês proporciona suaves toques de baunilha e pão torrado, a aliança perfeita para esta versão do milho.

  • Carnes vermelhas e Cabernet Sauvignon
carne2

Provavelmente seja umas das harmonizações mais óbvias quando falamos de churrasqueira, mas nunca é demais lembrar seu motivo. Para cortes de carne gordurosos, temperados com sal e muita pimenta, vinhos profundos com notas de frutas negras, tabaco e especiarias são o complemento ideal. Principalmente aqueles com uma importante presença de taninos que limpam o paladar e equilibram o teor de gordura da carne com suas notas suculentas, como o Casillero del Diablo Cabernet Sauvignon. Agora, um Syrah, Malbec ou Carmenere também funcionam muito bem. A escolha é sua.

  • Espetinhos de champignons e Pinot Noir
vegetales
Ph: The Spruce Eats

Os vegetais grelhados e as saladas cruas e crocantes costumam harmonizar muito bem com vinhos brancos por seu frescor, leveza e por não ofuscarem o sabor das verduras. Por sua vez, o Casillero del Diablo Pinot Noir é um vinho de corpo médio que combina de forma perfeita quando escolhemos alimentos com notas terrosas como a batata, batata-doce ou os champignons. Uma boa ideia é fazer espetinhos com champignons, berinjelas e abobrinhas, para acompanhar ou substituir a carne, além de combinar muito bem com uma taça de Pinot.

  • Frango assado com ervas finas e Sauvignon Blanc
pollo2

Um ingrediente clássico e que nunca falha quando acendemos o fogo é o frango. Seja qual for seu corte, melhor ainda se tiver osso, o frango é uma das carnes que mais ganha sabor quando preparada na churrasqueira. Tanto faz se for preparada com temperos bastante condimentados, picantes ou simplesmente com um toque de ervas como orégano, a melhor harmonização para esta carne são os vinhos brancos vivos e de caráter herbáceo, como o Casillero del Diablo Sauvignon Blanc. Mas caso já tenha aberto um Chardonnay, também combina muito bem. Ou se preferir os tintos, um vinho de corpo leve como o Casillero del Diablo Pinot Noir poderia ser uma escolha adequada.

  • Abacaxi grelhado e espumante
pina2
Ph: Wine and Glue

Caso você seja vegetariano ou esteja pensando em uma deliciosa e leve sobremesa depois de tanta carne, o abacaxi é uma fruta que pode ser assada lentamente, desde o momento que a churrasqueira é acesa, e que lhe surpreenderá com o resultado. O suco se carameliza, mas o abacaxi ainda conserva sua acidez e doçura, o que com um vinho branco ou um espumante como o Devil’s Collection Brut é uma deliciosa e refrescante forma de terminar sua noite junto ao fogo. Outra fruta que combina com churrasqueira e espumante? A banana, com casca e tudo!