Concha y Toro

Concha y Toro 01/07/2014

Vale do Maule: diversidade de origens, microclimas e solos

Geralmente, os diferentes lugares e microclimas que o Chile oferece para o cultivo das videiras são mais diversos e pequenos do que comumente se menciona.

Compartil

Geralmente, os diferentes lugares e microclimas que o Chile oferece para o cultivo das videiras são mais diversos e pequenos do que comumente se menciona. Por exemplo, falar em “área de Cauquenes” (no Vale do Maule) é muito geral, pois este terroir tem solos e climas muito específicos, dependendo do setor de Cauquenes de que se esteja falando.

Pela sua amplitude e rica diversidade, é difícil relacionar o Vale do Maule com um determinado tipo de clima e solo em particular. No entanto, existem características que são comuns, como grandes teores de argila e granito nos solos, principalmente em direção à costa, e uma Cordilheira da Costa baixa, o que permite a entrada das brisas frescas do oceano no vale. Ou seja, neste vale não só estão presentes os ventos andinos, mas também o frescor da costa como um elemento chave em seus vinhedos.

Fundo El Boldo – Maule
Fundo el Boldo, Cauquenes

O Cabernet Sauvignon se dá muito bem nas zonas de Maipo Alto, Marchigue e Cauquenes, adquirindo as características próprias de cada uma destas origens. Os solos ideais para o cultivo de Cabernet podem variar desde solos argilosos (Marchigue e Cauquenes) a solos mais leves (Maipo).

No caso do Sauvignon Blanc, a área adequada para o seu desenvolvimento é a área costeira da Sexta Região e as áreas da pré-cordilheira. E, para o Chardonnay, as zonas costeiras são igualmente recomendadas, mas com um pouco mais de moderação em suas temperaturas.