Concha y Toro

Concha y Toro 05/04/2021

Compartil

Reconocimientos

Concha y Toro é novamente uma das marcas de vinho mais admiradas do mundo

A publicação britânica Drinks International destacou a Concha y Toro na 5ª posição de seu seleto ranking, o que reforça e sustenta a liderança de nossa vinícola na indústria vitivinícola mundial.

Por quinto ano consecutivo, a Concha y Toro é distinguida entre as cinco “Marcas de Vinho Mais Admiradas do Mundo”, segundo a pesquisa realizada anualmente com profissionais do setor pela revista britânica Drinks International.

No ranking deste ano, a vinícola ocupa o 5º lugar em nível global e o 1º lugar na indústria nacional, destacando-se por sua variedade, qualidade consistente e forte presença de mercado.

“Receber o reconhecimento de ser uma das marcas de vinho mais admiradas do mundo se torna ainda mais relevante em um ano como 2020, pois confirma nossa vocação em busca da excelência e que se reflete em cada um de nossos vinhos. Estamos muito orgulhosos de poder corresponder à confiança depositada na Concha y Toro pelos clientes e consumidores em todos nossos mercados”, declarou Eduardo Guilisasti, gerente geral da Viña Concha y Toro.

O ranking das 50 “World’s Most Admired Wine Brands 2021” é elaborado anualmente e a votação é feita por um grupo de especialistas, Masters of Wine, assessores, enólogos, escritores especializados em vinho, compradores, educadores e analistas.

Top 20 Marcas de Vinho Mais Admiradas do Mundo 2021:

  1. Família Torres, Espanha
  2. Bodega Catena, Argentina
  3. Vega Sicilia, Espanha
  4. Huenschke, Austrália
  5. Concha y Toro, Chile
  6. Penfolds, Austrália
  7. Domaine de la Romanée-Conti, França
  8. CVNE, Espanha
  9. Antinori, Itália
  10. Chateau Musar, França
  11. E. Guigal, França
  12. Chateau Lafite, França
  13. Errázuriz, Chile
  14. Felton Road, Nova Zelândia
  15. Villa María, Nova Zelândia
  16. Yalumbra, Austrália
  17. Planeta, Itália
  18. Chateau Cheval Blanc, França
  19. M. Chapoutier, França
  20. Chateau D’Yquem, França