Vinho engorda?

access_time 2019 · 03 · 08

Alguns ou algumas, melhor dizendo, afirmam que se pode beber espumantes sem limite porque não engordam. Outros declaram que o vinho é composto em sua maioria por água, então é pura hidratação. Qual é a verdade sobre os vinhos e calorias? O vinho engorda ou não?

Água e ar não engordam, diz o mantra de todo mundo de dieta. É, eu sei disso. Lamentavelmente tenho uma predisposição genética. Só de ver um pão ou massa subo uns quilinhos. Toda a vida tenho que me cuidar. Se não, pago com um tamanho a mais no manequim.

Calorias no vinho

Verdade, o vinho é 80% de água, porém resta 20% que são basicamente álcool e açúcar, ou seja, CALORIAS. Destes dois, o álcool soma mais calorias, aproximadamente 7 calorias por grama, enquanto o açúcar residual agrega 4 calorias por grama. Portanto, é importante prestar atenção não apenas na doçura do vinho, como também no teor de álcool.

Vinos dulces

Um vinho seco com um baixo teor de álcool, um Sauvignon Blanc, por exemplo, terá uma menor quantidade de calorias, enquanto que um vinho doce com um alto teor de álcool, como um Porto, um nível muito maior. Desta forma, como o açúcar tem menos calorias que o álcool, para quem quiser cuidar da silhueta, uma opção mais doce e menos alcoólica é, em geral, uma escolha melhor que um vinho mais seco e mais alcoólico.

Agora vocês entendem por que amo tanto o Rosé. Fácil. Porque tem menos álcool que os tintos. Os vinhos brancos secos e espumosos têm entre 70-85 calorias por taça (100 ml / 3,4 oz). Os tintos, dependendo da cepa, estilo e região de onde provêm, entre 80-90 calorias. Sim, o clima, quente, no caso do Chile, é um fator determinante. Quanto mais altas são as temperaturas, mais altas são as concentrações de açúcar na uva. Resultado: vinhos mais complexos, alcoólicos e calóricos.

Álcool e metabolismo

 Por mais que eu queira acreditar no dizer francês, e me encantaria contá-los “dá no mesmo o quanto beberem, da mesma forma manterão a cintura de abelha”, lamentavelmente temos que aceitar os feitos básicos da química metabólica e de nossa natureza. Ou seja, quando alguém consome álcool, o corpo o irá metabolizá-lo antes de tudo. O álcool pressiona o botão de “pausa” no metabolismo, elimina da fila as outras calorias e diz “eu primeiro!”. O álcool reduz, principalmente, a queima de gordura no ventre. Além de, não estranhem, afeta mais as mulheres, que experimentam um aumento da cintura a medida que envelhecem. Isto geralmente coincide com o aumento do peso geral e uma redução na massa muscular magra.

Consumo Responsable 2

Segundo alguns estudos, os corpos de pessoas que bebem mais de uma ou duas taças diariamente aprendem a gastar calorias do álcool e a convertê-las em calor. Todo esse calor faz com que os alimentos se convertam em substâncias químicas que afetam gravemente os órgãos vitais, podendo provocar problemas hepáticos, câncer, etc. Estes mesmos estudos também mostraram que, se vocês beberem moderadamente e seguirem uma dieta baixa em gorduras, o corpo é capaz de metabolizar 7 calorias de álcool por grama.

De toda forma, também há que realçar que beber cerveja ou álcool forte é bem diferente de beber vinho. Uma taça diária de vinho tinto pode neutralizar a produção de gordura abdominal. O resveratrol contido nas cascas de uva tinta pode interferir na síntese de gordura, enquanto outros polifenóis podem inibir a aromatase, uma enzima produzida pela gordura abdominal que converte os andrógenos em estrógenos.

O vinho branco, por outro lado, contém menos polifenóis. Todo o açúcar, a menos que nosso corpo utilize como energia instantânea, ficará armazenado em forma de gordura. De toda forma, nem tudo é negativo. Vale lembrar que o vinho é um fermento natural, com várias propriedades saudáveis (link antigo – artigo sobre propriedades e benefícios para saúde).

O que fazer se estiverem de dieta?

Lembrem que o vinho é um alimento que contém carboidratos, portanto cuidado com a dosagem. 250 ml de vinho contêm tantas calorias como um sorvete. Quando dividimos uma garrafa com nossa cara-metade ou amigos, supomos que estamos bebendo menos calorias, porém cuidado. Uma garrafa de um vinho de 13% de álcool entre dois, pode significar um consumo de 340 calorias por pessoa, o que equivale a um croissant com Nutella.

calorias vino

Então, devemos sacrificar nossa bebida favorita para cuidar da cintura? Não, jamais. Pelo menos eu não vou fazer isso.

Meus truques para os carboidratos e calorias no vinho

  1. A palavra-chave é MODERAÇÃO. São umas 2 taças de vinho ao dia, em média, para a mulher, e 3 para o homem.
  2. Por cada taça de vinho de 100 ml bebo um copo de água para hidratar-me melhor.
  3. Se à noite tenho algum evento ou jantar, no almoço omito minha taça de vinho.
  4. Eu gosto muito de vinho durante as refeições. Então, quando cozinho ou espero o prato em um restaurante, escolho uma taça de um vinho fresco e baixo em álcool, como espumante ou branco e outra taça com o prato já à mesa. Isso é tudo!
  5. Quando estou nervosa, ansiosa ou muito contente, escolho fazer yoga, sair para passear ou comer uma fruta. Nem vinho nem doces são o remédio. Misturar emoções e “caprichos” não é a melhor ideia. Sempre vamos querer mais.
  6. É bom passar alguns dias sem vinho, como também evitar alguns alimentos. Por exemplo, #meatlessmonday (segundas sem carne) ou dia sem doces. Se alguém bebe todos os dias, o corpo começa a desenvolver uma tolerância ao álcool. Muitos experts recomendam tirar dias livres da bebida para equilibrar nosso organismo.

Sim, o vinho é saudável e delicioso, porém também o chocolate amargo, o azeite de oliva, o azeite de coco e mil outros alimentos. Ninguém come todos os dias uma barra de chocolate nem bebe uma garrafa de oliva. O mesmo se aplica ao vinho. Não vão engordar se desfrutarem um quadradinho de chocolate amargo ou acrescentarem uma colherada de oliva na salada. Tampouco se beberem uma ou duas taças de vinho. A mesma regra de moderação e porção se aplica ao vinho e a nossos alimentos diários.

Compartilhar

É maior de idade?

Sentimos muito,

Você não pode acessar o conteúdo do site se você não for maior de idade.