Concha y Toro

Francisca Jara 23/02/2021

Lifestyle

Ideias para reutilizar suas garrafas e rolhas

Compartil

Porque não podemos continuar vivendo sem nos preocuparmos com o planeta, nesta nota convidamos vocês a refletirem sobre o que podemos fazer após terminar um vinho. Depois de servir a última taça você reutiliza a garrafa e a rolha?

Na minha casa, por exemplo, nós as reciclamos. Mas, quando se trata de garrafas de vinhos especiais ou de rótulos que gosto muito, eu tento guardá-los. Como adoro cozinhar tenho vários utensílios de cozinha, porém existe um que nunca comprei: o rolo para macarrão. Sempre uso uma garrafa de vinho para trabalhar as massas. Também gosto quando elas são transparentes (como a do Casillero del Diablo Rosé), para usá-las como vasos para flores e enfeitar algum cantinho da casa.

Acabou o seu vinho? Deixo aqui algumas ideias para que se deixe levar pela criatividade e possa dar nova vida às garrafas e rolhas.

Luminárias 

Transformar as garrafas em objetos de iluminação é uma das ideias mais comuns. Provavelmente você já as tenha utilizado alguma vez como candelabro ao colocar uma vela. A boa notícia é que existem outras formas de fazer isso. A mais simples é limpar a garrafa, retirar os rótulos e introduzir uma fita de luzes LED pequenas. Outra opção é cortar o fundo da garrafa (leia a explicação abaixo, mas recomendo pedir ajuda para alguém que tenha experiência), colocar o soquete no gargalo da garrafa (por fora) e a lâmpada por dentro, criando uma luminária suspensa. Caso goste do estilo industrial, lâmpadas vintage darão um toque final fantástico.

Jardineiras econômicas

Se você acumulou garrafas por muito tempo e ainda está pensando o que fazer com elas, isto poderia lhe interessar. Especialmente quando elas são amarelas-esverdeadas ou café escuro (como as de Amelia Chardonnay e Terrunyo Cabernet Sauvignon) você pode utilizá-las como objetos de decoração expondo sua cor. Uma ideia genial é utilizar as garrafas para delimitar um espaço de seu jardim, um círculo por exemplo, com as garrafas posicionadas umas sobre as outras e o gargalo apontando para o centro e plantar aí flores, ervas aromáticas ou o que quiser. 

Copos

Embora existam várias empresas dedicadas a transformar garrafas em copos, você também pode fazer isso por conta própria. Basta escolher as garrafas que mais goste, lavá-las e cortá-las com uma ferramenta especial. Também existe um truque que você mesmo pode fazer: impregnar uma corda com um líquido inflamável, amarrá-la ao redor da área que deseja cortar e colocar fogo. Uma vez que a corda seja consumida pelas chamas, coloque a garrafa em água muito fria até escutar um crack! Por último, recomenda-se lixar as bordas para evitar qualquer fio que possa cortar. É possível encontrar tutoriais de como fazer isso na internet, mas lembre-se de tomar muito cuidado.

Pequenos carimbos

Com um material tão nobre como a cortiça, as possibilidades de reciclagem são múltiplas. Um de seus grandes potenciais, especialmente para distrair e desenvolver a criatividade das crianças, são as manualidades. Como estes pequenos carimbos de rolha . Basta desenhar o que quiser com uma canetinha hidrográfica na base plana da rolha (use as mais esponjosas que tiver pois se estão muito secas irão esfarelar). Logo, na lateral da rolha e por fora da borda do desenho, corte com uma faca especial para artesanato de forma lenta e delicada até retirar uma lâmina de 6 mm de profundidade para que o desenho sobressaia. Tenha à mão uma tinta e teste seu novo carimbo!

Ímãs de rolha 

Uma vez que a cortiça é leve e penetrável, é um ótimo material para fazer esculturas. Pequenos e divertidos são estes excêntricos personagens que você pode colocar na porta de sua geladeira ou onde quiser. Vai precisar apenas de rolhas, um arame fino, um alicate pequeno, cola, ímãs e peças de bijuteria. Você pode revisar o passo a passo aqui.

Como você pode ver, os prazeres do vinho não precisam terminar com essa última taça. Abrir uma garrafa com a intenção de dar asas para a imaginação e experimentar com nossas mãos pode ser um passo importante para a construção de um mundo mais sustentável.