Concha y Toro

Francisca Jara 15/02/2022

Lifestyle

Piqueniques, churrascos e petiscos ao ar livre

Compartil

Para sair da rotina, uma das formas mais simples e eficazes é colocar a mesa ao ar livre. Acender a churrasqueira depois de um longo dia de trabalho ou terminar a semana com um piquenique são atividades que podem romper a regularidade de nosso cotidiano e nos dar momentos de muito prazer e descontração. Ainda mais se for um dia ensolarado ou se levamos a toalha até um lugar no meio da natureza. Às vezes, só precisamos de um empurrãozinho. Pois se temos todos os implementos e ingredientes necessários, a diversão está praticamente garantida. Estas são algumas receitas deliciosas e fáceis de preparar para que você possa transportar despreocupadamente até uma praça ou um parque, ou para simplesmente aproveitar na varanda de sua casa.

Mas primeiro, aí vão algumas dicas para facilitar ainda mais a sua vida. Se for sair de casa, principalmente em um dia quente, não se esqueça de levar uma caixa térmica para manter suas bebidas geladas. Para as crianças, copos de plástico são muito práticos. Mas se for beber vinho, recomendamos levar suas taças (de vidro ou de cristal) favoritas e uma bandeja onde possa deixá-las para que não caiam. A propósito, não se esqueça de levar com você um bom saca-rolhas de dois estágios e um cobertor para poder se sentar. Levar a comida já cortada (como a tortilha de batata que mencionaremos a seguir) é outra boa ideia, já que é só chegar e servir.

 

  • Hummus de beterraba

Ph: La Cocina de Lila

Esta receita é ideal para um piquenique. Tanto por sua cor chamativa como pela singularidade de seu sabor, além de ser versátil na hora de servir. Para prepará-la, você só precisa processar tudo junto: 2 beterrabas médias assadas, 1 lata de grão-de-bico cozido, 1 colher de sopa de hummus, suco de 2 limões, uma pitada de wasabi em pasta, sal e azeite de oliva. Pode servi-la como dip para untar bastões de verduras ou sobre torradas com um pedaço de avocado e pistaches. Uma mistura cremosa, com notas terrosas provenientes da beterraba, mas com acidez e um toque picante que harmonizam muito bem com um vinho branco com volume, como o Casillero del Diablo Chardonnay.

 

  • Tortilha de batata

Há alguns anos, passando as férias em Madri, dediquei-me um dia a seguir a rota das tortilhas de batata. Entre elas, as melhores foram as dos bares de pintxos (como são conhecidas as tapas no País Basco) “Juana La Loca” e “Txirimiri” (atualmente fechado), do bairro La Latina. O que as diferenciava? Sua parte central suculenta e a cebola caramelizada que lhes conferia certa doçura. Depois, à distância, foi difícil esquecer seu sabor e a vontade de provar algo parecido. Foi assim que descobri a conta de Instagram de @jmongebravo, um arquiteto e cozinheiro que compartilha receitas deliciosas e infalíveis. Ele prepara tortilha de batata todas as sextas-feiras e seguindo sua receita é sucesso garantido. O segredo é usar: 1 ovo por cada batata do tamanho de um punho de mulher. Lamine as batatas e frite em abundante azeite de oliva até que estejam tenras. Em seguida, misture com o ovo, uma cebola já caramelizada, sal e pimenta. Despeje a mistura na frigideira, cozinhe por um lado e vire (ou até a consistência desejada) e já está pronta. Para ser servida imediatamente ou saboreada em temperatura ambiente em um piquenique, esta tortilha fica perfeita se acompanhada por uma taça de um espumante como o Devil’s Collection Brut.

 

  • Enroladinho de linguiça

Photo by Matt Seymour on Unsplash

Este clássico da culinária britânica é uma versão muito mais elaborada que o simples puff dog americano ou a chaparrita chilena. Mas por quê? Porque o recheio não é uma salsicha pré-fabricada, mas sim carne de porco especialmente preparada pelos açougues para que as pessoas façam seus próprios sausage rolls. Embora existam muitas receitas, eu gosto de seguir uma que aprendi quando trabalhava como cozinheira em um bar irlandês. Você vai precisar de massa folhada e carne de porco moída para as linguiças, a qual deve misturar com: alho picado, tomilho fresco e meia xícara de vinho branco. Misture tudo com as mãos até que se forme uma pasta homogênea e, em seguida, despeje-a sobre a lâmina de massa até obter uma forma cilíndrica. Pincele com ovo batido, decore com sementes de gergelim, corte em pedaços e leve ao forno por cerca de 40 minutos. A ideia é servi-los com um relish de tomate e, por que não, uma taça de vinho Terrunyo Sauvignon Blanc. Bom apetite!

Vinhos Relacionados

20
20

Chardonnay
Ver mais

Espumante
Ver mais

20
21

Sauvignon blanc
Ver mais