Concha y Toro

Concha y Toro 02/10/2020

Compartil

Tudo sobre vinho

Como montar sua própria adega em casa

Seja para consumo diário ou para ocasiões especiais, os amantes do vinho sempre costumam ter garrafas guardadas em casa. Podem ser coleções pequenas ou grandes, mas independentemente do tamanho, o importante é contar com as condições corretas para evitar a deterioração desses vinhos. Se você estiver planejando levar a sério a sua adega de vinhos, aqui explicaremos o que você deve e não deve fazer.

Antes de mais nada, é preciso saber que nem todos os vinhos podem ser guardados. De fato, só certo tipo de vinhos envelhecem bem. Assim, uma recomendação é organizar a sua adega dividindo os vinhos em dois grupos: aqueles que são únicos, por terem um preço elevado, serem de alta gama ou de uma safra de grande destaque, e aqueles vinhos mais cotidianos, dos quais você desfruta no dia a dia ou que você toma com os amigos ou quando tem um almoço de família, como o Casillero del Diablo Reserva Sauvignon Blanc 2018.

cdd-sb

Agora, se você não tem nenhuma coleção, mas de qualquer forma está planejando criar sua própria adega, comece comprando mais vinhos tintos que brancos, pois os tintos envelhecem melhor (graças aos taninos). Se você não quiser dividi-la, pode fazer uma adega mista, mas lembre-se de ter em mente qual vinho será para cada ocasião.

Onde montar a adega

A escolha do local para montar a adega costuma ser um erro comum, mas não se preocupe pois ainda está em tempo de fazer o certo. Se você tiver vinhos guardados na cozinha, tire já daí! Apesar de as garrafas ficarem bonitas no móvel da cozinha, o forno faz com que este seja o lugar mais quente da casa e, como já explicamos antes, o calor é o pior inimigo do vinho pois faz com que ele envelheça antes de tempo. Então, onde armazená-los? Escolha um lugar fresco, escuro, úmido e que idealmente seja livre de aromas invasivos. Este lugar poderia ser um porão, mas como a maioria das pessoas não tem porão, existem outros lugares onde também dá certo: embaixo da escada, em uma despensa, em um banheiro onde não bata sol, em um armário de roupa de cama, em uma lareira em desuso ou em um cômodo desocupado, desde que este não tenha calefação nem piso aquecido. Pelo mesmo motivo, esqueça também os sótãos e áticos. É importante que estes lugares fiquem isolados, sem vibração nem luz (para evitar o envelhecimento acelerado e a oxidação dos vinhos, respectivamente).

20201002-esclera
Ph: homify Argentina

A temperatura

O ideal é que os vinhos sejam mantidos a 10 graus Celsius, mas qualquer temperatura entre 7 e 18 graus Celsius dá certo. Quanto mais alta a temperatura, mais rápido será o envelhecimento do vinho, e quanto menor, mais tempo o vinho levará para envelhecer.

vinoteca
Ph: Vicave

Outra boa opção são as adegas climatizadas. Nelas você pode guardar até 300 garrafas; no entanto, é preciso ter um orçamento folgado para poder ter acesso a uma.

A umidade

O ideal é que o ambiente tenha entre 60% e 70% de umidade, o que é importante para a rolha não secar e não ser atacada por fungos, que poderiam então chegar até o vinho. É para evitar isso que as garrafas devem ficar na posição inclinada. A inclinação ajuda o vinho a sempre estar em contato com a rolha para ela não secar. Além disso, contribui para os sedimentos do vinho se depositarem no fundo da garrafa.

Se você escolher um lugar da casa que costuma ficar fechado, lembre-se de deixá-lo ventilando de vez em quando. O vinho é um líquido vivo e pode respirar através da rolha, e você não quer que cheiros desagradáveis cheguem até ele.

Na hora de abrir o vinho

Quando chegar esse momento tão esperado, é preciso fazer o correto, isto é, se a garrafa que você vai abrir ficou guardada e parada durante muitos anos, o melhor é deixá-la em pé por 24 horas antes de tomar o vinho. Assim os sedimentos vão se depositar no fundo. Além disso, o ideal é decantar o vinho para ele liberar todos os aromas desenvolvidos com o passar do tempo.

Quando são vinhos jovens e de baixo custo, o ideal é não esperar mais de dois anos, pois o que estes vinhos oferecem é o prazer de sua jovem fruta fresca. Mas se você investir um pouco mais, terá acesso a vinhos que podem ser guardados por muito mais tempo. O Gravas del Maipo Syrah 2018, por exemplo, tem um potencial de guarda de 15 a 20 anos, e você poderia abrir uma garrafa de Terrunyo Cabernet Sauvignon 2017 em 2027.

ter-2

Você se animou a começar este projeto? Enquanto pensa nisso, você pode começar escolhendo alguns dos seus rótulos preferidos e –por que não?– abrindo uma garrafa de Casillero del Diablo Cabernet Sauvignon 2018, para se inspirar um pouquinho.

cdd-3