Concha y Toro

Concha y Toro 16/02/2021

Compartil

Vinho e harmonização

Um brinde pelos Syrah!

Como todos os anos, no mês de fevereiro comemoramos o dia internacional do Syrah, uma cepa extraordinária e de grande caráter e versatilidade. Por quê? É fácil! A uva Syrah é capaz de se adaptar a diversas condições climáticas e a diferentes tipos de solo.

  • Desde a raiz

 Existem muitos mitos sobre a origem do Syrah (ou Shiraz). Alguns acreditam que foram os romanos que a levaram ao sul da França, mas outros afirmam que o berço do Syrah era a antiga Persa. Na realidade, o importante é que a uva Syrah obteve popularidade na França, particularmente no vale do Rhône, situado no sudeste da França. Após um longo período de incerteza, em 1999 uma análise de DNA da uva conferiu resultados sobre sua procedência. Assim, descobriu-se que ela provém de dois tipos de uva que nunca ficaram populares no universo do vinho: a Mondeuse Blanche e a Dureza.

Os principais países onde esta variedade é cultivada são a França, Austrália, Espanha, Argentina, África do Sul, Estados Unidos, Itália e Chile.

 

  • Aromas e sabores

 Sabemos que o aspecto dos vinhos elaborados a partir desta uva é bastante escuro e que em boca são muito encorpados. Os Syrah são muito mais suaves e têm um peso frutado mais presente que os vinhos elaborados a partir de Cabernet Sauvignon, especialmente quando combinada com uvas Grenache e Mourvèdre.

Seus aromas e sabores tendem a frutas pretas, pimenta preta, notas herbáceas e alcaçuz. Ao longo de sua guarda em garrafa, o Syrah pode desenvolver sabores de frutas secas como notas de couro, carne e terra.

 

  • A desculpa perfeita

O vinho é alegria, é vida, é um momento gostoso juntos e é comemoração. Por isso, vamos dedicar-lhe um dia especial para ter a desculpa perfeita para tomar algumas taças de Gravas del Maipo Syrah, em boa companhia. Este vinho destacado, de cor vermelho-cereja intenso, em boca se mostra denso e de grande profundidade, ideal para acompanhar carnes vermelhas grelhadas, costela de cordeiro e queijos de vaca e de ovelha.

Outra boa opção é o Marqués de Casa Concha Syrah, de cor vermelho escuro e profundo. Apresenta principalmente sabores firmes de amora e cereja, com uma gostosa nota defumada de breu mais para o final. “É tudo uma questão de atingir um equilíbrio. Em meus vinhos tento refletir o terroir, extraindo as melhores características de cada vinhedo com o qual estou trabalhando”, afirmou seu enólogo, Marcelo Papa.

  • Frutas pretas: as protagonistas do Syrah

 Os aromas típicos desta cepa são aqueles associados a frutas pretas, como por exemplo amora, ameixa e pimenta preta. No paladar é concentrado, normalmente frutado, com taninos suaves e acidez equilibrada. Um reflexo disso é o Gran Reserva Serie Riberas Syrah, de cor vermelho intenso com notas violáceas. Este vinho espetacular, de caráter frutado, com notas de frutas pretas, frutas silvestres e especiarias adocicadas, em boca é sutil, estruturado e elegante. Recomendamos harmonizar sempre com queijos maduros e carnes vermelhas, especialmente de cordeiro.

Nossa última sugestão vai dirigida ao Casillero del Diablo Syrah. É lei: se você estiver segurando uma taça de Syrah, deve saber que está diante de uma cepa forte, de frutas pretas, com bom corpo e pouca adstringência. Este vinho é um exemplar musculoso e redondo, com aromas que oscilam de amora madura e ameixa a cedro, chocolate e um toque torrado.

Crie o ambiente perfeito acompanhando-o de diversos cortes de carnes vermelhas, e você estará pronto para fazer um bom brinde na companhia de quem você escolher.

Saúde!

Vinhos Relacionados

20
18

Syrah / Shiraz
Ver mais

20
18

Syrah / Shiraz
Ver mais

20
19

Syrah / Shiraz
Ver mais

20
18

Syrah / Shiraz
Ver mais