Concha y Toro

Francisca Jara 10/12/2021

Tudo sobre vinho

Como se tornar um sommelier de vinhos

Compartil

Se você se apaixonou pelo mundo do vinho e decidiu largar seu trabalho de escritório para se dedicar a visitar vinícolas, escolher os vinhos de um restaurante e combiná-los da melhor forma com pratos de comida. Ou se simplesmente quer voltar à sala de aula para obter aquele diploma que o converte em sommelier e com isso dar uma guinada na sua vida, mas não sabe como. Então, preste atenção nesta nota. 

Mas antes, vamos responder à pergunta: O que é um sommelier? Consiste, basicamente, em um grande degustador e conhecedor de variedades de uva e suas origens, da contribuição do solo, das regiões vitícolas do mundo e das adegas. E que, além disso, sabe como comunicar estes conhecimentos. Em linhas gerais, é o vínculo entre uma adega e o cliente. Ademais, é quem está capacitado para recomendar rótulos e para criar as melhores harmonizações entre a comida e o vinho. A carreira de um sommelier, no entanto, pode tomar distintas direções. No final, dependerá das aspirações de cada pessoa. 

A seguir, daremos algumas dicas sobre como se tornar um sommelier.

  • Mergulhe no mundo do vinho

“Acredito que toda pessoa que queira estudar para ser um sommelier precisa ter, pelo menos, uma aproximação prévia ao mundo do vinho, muito mais que simplesmente gostar”, explica a sommelier da Concha y Toro, Jazmín Adriasola. Ela sugere participar de degustações de vinhos ou visitar um centro turístico como no Tour Tradicional oferecido pela Concha y Toro, em Pirque Viejo, no vale do Maipo, no qual é possível “visitar o jardim de variedades com 26 tipos de uvas distintas plantadas e, onde também explicam ao visitante, de forma resumida, sobre o ciclo vegetativo da videira, terminando com uma degustação de três vinhos. Definitivamente, existe um antes e um depois desse tour”. 

Complementar com leituras sobre a história do vinho, as regiões vitícolas e tudo o que lhe possa interessar também é uma boa ideia. Em seguida, é sempre recomendável procurar um trabalho na indústria. “Eu comecei a trabalhar na vinícola há 15 anos, primeiro como guia turística”, explica Jazmín. 

 

  • Treine seu paladar 

Para Massimo Leonori, Head Sommelier da Concha y Toro, é indispensável degustar o máximo de vinhos possível no início. “Vinhos de distintas variedades; da mesma variedade, porém de zonas diferentes; vinhos de distintas origens. E assim, começar aprendendo a diferenciar entre as distintas variedades de uva. Colocar um Carménère, um Cabernet Sauvignon e um Syrah e ver quais são as diferenças entre um e outro é um excelente exercício. E, logo, aprofundar-se ou incorporar vinhos que tenham mais ou menos envelhecimento em madeira”, assegura Leonori. 

Começar comprando vinhos para degustar e praticar em casa é sempre uma opção acessível. “Na minha opinião, a linha de vinhos mais fácil e mais didática para aprender sobre as variedades e suas características é o Casillero del Diablo porque são vinhos monovarietais bastante diretos e que expressam a fruta de forma bastante fiel”, agrega Leonori. “Como o Casillero del Diablo não tem tanta passagem por madeira, penso que é muito limpa para um primeiro contato com o mundo do vinho”, acrescenta Jazmín. Já Luis Álvarez, sommelier do Centro Turístico de Pirque, recomenda os vinhos da linha Marques de Casa Concha porque “conservam muito bem a tipicidade, expressam muito bem a denominação de origem, em cada vinhedo se buscam as condições especiais para cada variedade e, portanto, a expressão em termos de aromas e em boca é muito própria”.

No entanto, degustar vinhos sem alguém que o oriente pode ser difícil no começo. Por isso, Leonori recomenda associar-se a algum clube de vinhos no qual os membros tenham a oportunidade de receber vinhos, participar de degustações guiadas ou ir a um wine bar onde um sommelier lhe explique sobre o vinho que está bebendo, principalmente se não estudou a respeito.

 

  • Obtenha uma certificação

Embora não seja necessário um certificado para ser chamado de sommelier (de fato, muitas pessoas seguem a carreira iniciando como garçom em um bar ou restaurante), obter o diploma é bastante útil. Primeiro, porque ajudará você a encontrar um trabalho já que o título é muito respeitado. Segundo, porque lhe entregará uma grande quantidade de conhecimentos e ferramentas práticas na hora de degustar e servir o vinho. Basicamente, é um treinamento muito valioso, principalmente se você não possui experiência prévia.

Felizmente, as opções são várias. “Dois excelentes lugares para aprender e estudar no Chile são a Escola de Sommelier do Chile e também os cursos da Wine & Spirit Education Trust (WSET)”, indica Leonori.Eu estudei na Escola de Sommelier do Chile e depois, caso queira um diploma reconhecido internacionalmente, a escola está associada à Associação Internacional de Sommelier (ASI), onde poderá obter essa certificação”, conta Jazmín. 

Ph: WSET

Outras opções para estudar on-line são através do International Sommelier Guild, que oferece diferentes diplomas. E também não podemos deixar de mencionar os níveis máximos a que um sommelier pode aspirar: Master Sommelier (MS) e Master of Wine (MW), títulos obtidos através do Court of Master Sommelier (CMS) e do Institute of Masters of Wine (IMW), respectivamente.

 

  • Viaje

Tendo a certificação ou não, viajar por países produtores de vinho para provar suas variedades autóctones, visitar adegas, vinhedos e, por que não participar de uma vindima, são também ótimas formas de aprender.

Photo by Bcny on Unsplash

Especialmente para aquelas pessoas que vivem em países produtores de vinho como o Chile, onde a maioria dos rótulos são nacionais. Provar, experimentar e comprar cepas de distintas origens é uma experiência sensorial fundamental para quem procura se tornar um sommelier, já que as diferenças podem ser enormes. O que, como resultado, é de grande ajuda para ampliar as opções que o nariz e o paladar compreendem como expressões do vinho. Tudo isto somado às experiências gastronômicas que lhe propicia uma viagem. Um investimento benéfico em todos os aspectos. 

Vinhos Relacionados

20
19

Cabernet sauvignon
Ver mais

20
19

Carmenere
Ver mais

20
20

Chardonnay
Ver mais

20
18

Cabernet sauvignon
Ver mais

20
18

Carmenere
Ver mais

20
19

Chardonnay
Ver mais