Concha y Toro

Concha y Toro 18/11/2020

Compartil

Vinho e harmonização

5 harmonizações para o Carmenere

O Carmenerese caracteriza por seus sabores condimentados, herbáceos e frutados como de cereja, framboesa, romã e mirtilo. Enquanto seu caráter herbáceo se traduz em notas de pimentão vermelho assado, folhas de tomate e pimentão verde fresco, quando o vinho passa por um período de guarda em madeira também adquire aromas e sabores de chocolate e café. Esta ampla gama o torna um vinho versátil para levar à mesa, embora sua característica nota defumada o converta em um companheiro natural para pratos feitos na churrasqueira.

1- Receitas à base de tomate.

pasta1

Devido a esses aromas que lembram folhas de tomate, o Carmenerecombina muito bem com pratos nos quais esse sabor predomina. Pode ser desde um espaguete à putanesca (com anchovas, alcaparras, azeitonas e tomate), amatriciana (com pimenta-do-reino, pimenta seca, pancetta e tomate) até o clássico à bolonhesa ou massas recheadas com algum vegetal grelhado. Assim como ensopados de legumes nos quais seja utilizada a passata (molho de tomates cozidos, triturados e peneirados) ou mesmo pizzas. Se o tomate predomina, um vinho como o Casillero del Diablo Carmenere 2018 é um excelente acompanhamento.

2- Carnes assadas.

cordero
Ph: Recetas Latina

Devido a sua estrutura tânica, vinhos como o Carmín de Peumo 2017 harmonizam muito bem com carnes assadas no forno (melhor ainda se o forno for de barro, pois isso lhes dá um leve toque defumado). Pratos como a plateada (carne bovina cozida lentamente), um cordeiro acompanhado de molho de hortelã ou costelinhas de porco ao molho barbecue são combinações que não costumam falhar.

3-  Pratos bem condimentados.

comida-india-1
Ph: Archana´s kitchen

Devido a seu caráter condimentado, o Carmenereacompanha muito bem preparações intensas, que incluem muitas especiarias e temperos, como a comida indiana. Dahl de lentilhas, frango tandoori, curry massaman de cordeiro, panner tikka ou samosas são receitas que podem ser perfeitamente acompanhadas por uma taça, ou mais de uma também, do Gran Reserva Serie Riberas Carmenere 2018. Se quiser algo mais leve, um chouriço espanhol, linguiças, salsichas e a charcutaria em geral com queijos maduros também combinarão muito bem com esta cepa.

4-  Culinária chilena.

comida-chilena
Ph: enmicocinahoy.cl

Poderíamos dizer que esta é uma harmonização regional. Embora a culinária tradicional chilena não seja tão condimentada, ela é saborosa e existem receitas que naturalmente combinam perfeitamente com o Carménère. As empanadas de pino (recheadas com carne), o pastel de choclo (torta de milho típica chilena), a costela de porco com purê de batatas picante ou o choripán (pão com linguiça) com pebre (espécie de vinagrete com coentro), para citar algumas. A próxima vez que você preparar um desses pratos, ou for a um churrasco, nós o convidamos a abrir uma garrafa de Terrunyo Carmenere 2018 e fazer o teste.

5. Pratos feitos na churrasqueira.

asado-1

Devido a suas notas defumadas e taninos grandes, porém macios, o Carmenerefunciona muito bem quando acompanhado de pratos feitos na churrasqueira, especialmente carnes magras como o contrafilé ou alguns cortes de carne de porco e de cordeiro. Em função de seu caráter condimentado, a harmonização se torna ainda melhor se usar molhos à base de ervas, como um chimichurri. Se você já acendeu o fogo, aproveite para grelhar e adicionar algumas notas defumadas a seus vegetais. Precisa de uma recomendação? Que tal provar o Marques de Casa Concha Carmenere 2018.